A crise demografica Europeia agora atinge Portugal que vive sua maior crise demográfica… e o Brasil vem chegando

O velho continente com o velho problema de ficar velho.

Se voce e jovem Portugues, quais sao sua melhores perpectivas de sucesso? Emigrar.

Observe estes dados copiados deste artigo da Folha:

“…Portugal vive a crise demográfica mais grave de sua história. O país pode perder 1 milhão de habitantes em 10 a 20 anos –quase 10% de sua população de 10,6 milhões.

“É catastrófico”, diz João Peixoto, professor da Universidade de Lisboa. “A crise demográfica em Portugal é muito grave, porque junta motivos estruturais, como a queda da taxa de fecundidade, e conjunturais, as emigrações por causa da crise.”

Cerca de 100 mil portugueses emigram por ano desde 2010, segundo o governo.

São os mais qualificados e mais jovens que deixam o país.

O declínio da natalidade é antigo na Europa, mas era parcialmente compensado  pelos imigrantes, que têm número maior de filhos.

Portugal teve queda forte na taxa de fecundidade, hoje em 1,28 filho por mulher.  E a crise demográfica do país é mais grave que a de outras nações europeias
porque se alia à onda de emigração de mão de obra qualificada. “A crise agravou a queda de fecundidade, porque, quanto maior a instabilidade na vida profissional, menor a vontade de ter filhos”, diz o demógrafo Jorge Malheiros, da Universidade de Lisboa.

Os nascimentos vêm caindo. Foram 96.856 em 2011, 89.841 em 2012 e a estimativa para este ano é de 80 mil.

Segundo o Instituto Nacional de Estatísticas, o número de mortes em Portugal foi 11.868 superior ao de nascimentos entre janeiro e abril deste ano. Associado às emigrações, o país encolhe a taxas aceleradas.

“Só não emigram mais portugueses porque outros países também estão em crise”, diz o secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Cesário.

A maioria emigra para outros países da Europa, aproveitando-se do espaço Schengen. França, Reino Unido, Luxemburgo e Alemanha são os principais destinos.

Em 2012, calcula-se que Angola tenha recebido 30 mil portugueses, Moçambique, 5.000, e o Brasil, 2.171.

Além de Portugal, também Bulgária, Estônia, Letônia, Lituânia, Hungria e Romênia encolheram em 2011…”

A taxa de fecundidade Europeia e um pouco melhor que a Portuguesa: 1.4, porem nao deixa de ser desastrosa; A populacao Europeia jas esta diminuindo.

Porem em termos de taxa de fecundidade, O Brasil esta caminhando para o mesmo destino: segundo dados do site indexmundi a taxa de fecundidade do Brasil vem encolhendo ano a ano, e em 2011 chegou a 1.81. Desde do ano de 1960, quando a taxa de fecundidade era de 6.21, a taxa so vem diminuindo. Nenhum ano desde 1960 a taxa aumentou, so diminuiu de ano a ano. Neste ritmo chegaremos as taxas Europeias de fecundidade em cerca de 20 a 25 anos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: