Voce sabe o que é Toranja?

O maior fruto citrico e um alimento muito bom para ajudar a perder peso, a Toranja (ou Pomelo como e chamado no sul do Brasil) e uma fruta muito saudavel. Nos EUA e chamada de Grapefruit. Leia abaixo este artigo da Folha sobre aToranja

***
O “grapefruit” (ou toranja) é um ingrediente pouco conhecido no Brasil, com exceção, talvez, nos Estados do sul, onde é chamado de pomelo. “Não tem muita aceitação no Brasil, mesmo o país sendo o maior produtor mundial de cítricos. Não é do paladar do brasileiro, e a produção é muito restrita”, explica Ildo Lederman, coordenador do Laboratório de Pós-Colheita de Frutas do IPA (Instituto Agronômico de Pernambuco).

Ele afirma que seu sabor amargo não se encaixa no paladar brasileiro, mais inclinado para o doce. O “grapefruit” é o maior cítrico disponível e, mesmo em países como os Estados Unidos, pode ser considerado relativamente novo no mercado. Em 1750, foi mencionado pela primeira vez por um autor que o chamou de “fruta proibida”.

Seu nome parece estar relacionado ao fato de crescer em cachos, e não por uma suposta referência ao sabor da uva (“grape”, em inglês). Foi introduzido na Flórida em 1823 e demorou para se tornar popular –mais uma vez, o sabor amargo pode ter uma parcela de culpa, assim como a dificuldade de descascá-lo do modo como se faz com as laranjas. Dali, o cultivo se espalhou para outras áreas nos EUA e depois para o exterior. Hoje, Israel, Argentina, Espanha, Marrocos e África do Sul são os principais produtores.

Existem várias espécies, com polpa que varia do amarelo ao rosa, de sabor amargo a levemente adocicado. Costuma ser servido no café da manhã ou como entrada, normalmente aberto em metades.

As duas principais variedades são Duncan, a predileta da indústria, com muitas sementes e sabor agradável, e Marsh, sem sementes e menos saborosa. Cerca de metade da produção mundial é transformada em suco. Tem paladar marcante, que tende a sobrepujar outros ingredientes.

De acordo com Jamile Maria Sallum de Lacerda, nutricionista clínica do Hospital Sírio-Libanês, tem vitamina C e é rica em flavonoides, com atividade antioxidante. “O suco ou a fruta ajudam a reduzir as placas de aterosclerose”, diz. “Alguns estudos mostram que inibe a formação de células de câncer de mama, mas isso de forma nebulosa –faltam pesquisas mais longas”, diz a nutricionista.

Já se sabe, entretanto, que a fruta interage com medicamentos como estatina, anti-histamínicos e algumas quimioterapias, deixando doses excedentes de medicação no sangue, o que pode até ser tóxico. Mas pessoas saudáveis que não tomam essas drogas podem consumi-la normalmente.

fonte: http://www1.folha.uol.com.br/folha/comida/ult10005u499874.shtml

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: