Número de brasileiros que viajou para o exterior atrás de estudos foi de 170 mil em 2010. A estimativa é de que, em 2011, sejam 210 mil intercambistas pelo mundo.

fonte: http://noticias.uol.com.br/educacao/2011/05/27/quer-fazer-curso-de-ingles-no-exterior-no-final-do-ano-e-hora-de-se-planejar.jhtm

Titulo da materia: Quer fazer curso de inglês no exterior no final do ano? É hora de se planejar

Se você estiver pensando em viajar para e aprender inglês no exterior – no final deste ano ou no começo do ano que vem –, pode começar a se planejar. Segundo os agentes de viagem, o ideal é começar o projeto com, pelo menos, seis meses de antecedência.

Os intercambistas brasileiros têm uma predileção por viagens associadas a cursos para aprender idiomas – principalmente entre aqueles com idade de 18 a 30 anos. E é um público que não para de crescer.

Conforme informações da Belta (Associação Brasileira de Organizadores de Viagens Educacionais e Culturais), o número de brasileiros que viaja para o exterior atrás de estudos subiu de 42 mil em 2004 para 170 mil em 2010. A estimativa é de que, em 2011, sejam 210 mil intercambistas pelo mundo.

Where to go

Há nove destinos em que a oferta de cursos do idioma se destaca. Segundo a agência Central de Intercâmbio, os países são os Estados Unidos (que abrange 32% da procura), Canadá (27%), Reino Unido (19%), Austrália (2%), Nova Zelândia (2%), África do Sul (2%) e Irlanda (2%). Na lanterninha, com menos de 1% desse mercado, estão a Ilha de Malta e a Escócia.

Antes de se decidir, é bom pesquisar informações sobre o país e sua cultura, além de averiguar qual é a melhor época do ano para fazer a viagem. “Por exemplo, nos Estados Unidos em janeiro, você encontrará um clima hostil de inverno rigoroso, com nevascas que farão você perder alguns dias de aula”, comenta a presidente da Belta, Maura Leão.

No país norte-americano, a procura vai além de opções para aprender a língua: high school (ensino médio), au pair (programa em que o intercambista trabalha em casa de família) e o working travel (trabalho temporário).

Pouco conhecidos

Com menos de 1% no ranking da procura, a Ilha de Malta tem o inglês como língua oficial, apesar de o maltês ser o idioma mais comum. Segundo Samuel Lloyd, da STB (Student Travel Bureau), é um país procurado pelas baladas e belas paisagens. “É o destino ideal para quem quer estudar e fugir de brasileiros”, afirma.

A África do Sul é a mais buscada por quem quer estudar inglês e ama surfar. “Ainda é um país muito exótico para os brasileiros”, afirma Maura, da Belta. O país tem o custo de vida mais baixo comparado a outros destinos, não pede visto para permanência de até três meses e é de fácil adaptação, uma vez que o clima é bem parecido ao brasileiro.

Motivos para estudar inglês nestes países
Estados Unidos Jovens com 25 anos e centros em Nova York, Chicago, Califórnia.
Canadá Ótimo custo-benefício e instituições em Vancouver, Toronto, Montreal.
Inglaterra Visitar a Europa e cursos para treinar o acento do idioma britânico.
Austrália Clima bom, fácil adaptação e estudantes do mundo inteiro.
Nova Zelândia Não precisa de visto se o estudante ficar até 3 meses.
África do Sul Cursos combinados: inglês + vinhos, por exemplo.
Ilha de Malta Festas, praias e fugir de brasileiros.

comentario na pagina: A NOTICIA NÃO NOTICIOU NADA. O MAIS IMPORTANTE DA NOTICIA NÃO FOI DIVULGADO. ONDE E COMO REALIZAR A SUA RESERVA PARA VIAJAR.COMO REALIZAR O PLANEJAMENTO DA VIAGEM AQUI NO BRASIL E A EMPRESA ESPECIALIZADA NO ASSUNTO.ESTES DETALHES NÃO FORAM DIVULGADOS. LUIZ

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: